Fique por Dentro

Dia Internacional das Pessoas com Deficiência

Secretário Nacional da Pessoa com Deficiência do Solidariedade, Paulo Pequeno
Publicado em: 03/dezembro/20   |   Autor: Paulo Pequeno

Dia 3 de dezembro, Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, é uma data comemorativa promovida pelas Nações Unidas desde 1992. Com o objetivo em promover a compreensão dos assuntos sobre a deficiência e a mobilização em defesa da dignidade, dos direitos e o bem estar das pessoas.

Procura também conscientizar sobre os benefícios trazidos pela inclusão das pessoas com deficiência em cada aspecto da vida política, social, econômica e cultural. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), aproximadamente 10% da população mundial possui algum tipo de deficiência.

De maneira geral, pessoas com deficiência precisam de atenção dos governantes, da sociedade civil e de seus familiares, principalmente no que diz respeito à acessibilidade e inclusão na sociedade.

O Solidariedade criou a Secretaria da Pessoa com Deficiência para garantir o cumprimento dos direitos dessa população por meio da participação ativa na sociedade, liderando a transformação da realidade desse público com iniciativas que as impulsionem.

A Secretaria visa se tornar referência política de inclusão e acessibilidade por meio da formação de agentes transformadores da qualidade de vida das pessoas com deficiência, ocupando espaços na política e conscientizando a sociedade sobre a sua importância.

O Brasil vive momentos de exclusão e perdas de direitos. São milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, perdendo seus empregos e benefícios sociais. Essa população precisa das garantias de direitos e oportunidades para viver com dignidade e necessita de políticas públicas de qualidade.

          Desejo que essa data, não seja apenas de comemoração, mas principalmente de reflexão para toda a sociedade perante a maior prova de desigualdade social do mundo. Que as pessoas que mais precisam e, principalmente, as pessoas com deficiência não sejam deixadas para trás, que tenhamos uma sociedade mais justa e solidária.

2020 Fundação 1º de Maio. © Todos os direitos reservados.