Fique por Dentro

Solidariedade e Voluntariado

Crédito: Feedpick | Uma mulher com mascara de proteção abrindo caixas de doação, junto com um homem, também de mascara de proteção, abrindo caixas de doação.
Publicado em: 18/junho/20   |   Autor: Paulo Pequeno

O distanciamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para impedir que o corona vírus se espalhe, não tem funcionado bem em alguns países, principalmente no Brasil. Temos visto a irresponsabilidade de governantes com seu mau exemplo, motivando pessoas a irem para as ruas sem necessidade, criando vetores para a morte. Porém, em alguns países que seguem as recomendações, temos percebido o sucesso no controle de contaminados e a baixa mortalidade, além disso, em várias partes de mundo foram criadas redes de solidariedade e voluntariado.

 

Nessa onda de solidariedade contagiante, grandes empresas brasileiras e internacionais têm anunciado doações,. Diante da pandemia, a iniciativa privada tem tomado medidas para conter o avanço da Covid-19 e diminuir os impactos da doença. Ações como doação em dinheiro para fundos ligados ao Sistema Único de Saúde (SUS), compra de equipamentos, suprimentos básicos, testes rápidos, cestas básicas, álcool gel e outros itens. 

O voluntariado inspirador, esse gesto é de encher os olhos e aquecer o nosso coração, nos motiva a fazer um pouco mais para as pessoas que mais precisam. Temos visto manifestações de carinho, generosidade e amor em várias partes do mundo e também no Brasil. Pessoas anônimas tem criado redes de doação e distribuição de serviços, alimentos e a doação de sangue. Além do alimento tão necessário na mesa de muitas famílias carentes, temos muita necessidade nos bancos de sangue, esse gesto de amor e esperança, aumenta a expectativa de vida das pessoas que necessitam de sangue diariamente. Uma bolsa de sangue doado pode salvar até 4 vidas.


Estamos ansiosos e apreensivos com o presente e o futuro de familiares e amigos, além das preocupações sociais e econômicas. Passamos a ter um olhar diferente, mais sensível, principalmente para as pessoas que não conhecemos, e precisam de amor e ajuda humanitária urgente. Nessa pandemia descobrimos que precisamos apenas do necessário, sendo assim, uma ação individual solidária ou voluntária, é capaz de motivar centenas de pessoas em nossa comunidade e consequentemente em outros lugares.   


Por fim, tudo isso passará, sairemos dessa pandemia com muitas marcas e perdas, porém, sairemos seres humanos melhores e mais solidários. Algumas mudanças de comportamento em nosso convívio do dia a dia, vieram para ficar, precisamos mudar o nosso direcionamento como ser humano. Fatos como distribuição de renda, saúde sanitária, enfrentamento as desigualdades sociais, progresso no avanço científico e tecnológico, valorização e ajuda as organizações comunitárias, precisam da participação ativa da população, devemos fazer parte dessas discussões. A única ferramenta que permite isso é a política, precisamos estar inseridos nessa esfera de poder e decisão para seguirmos em busca de um mundo justo, saudável e solidário de fato. 


Newsletter

Receba novidades, informações de cursos, palestras e outros eventos da Fundação 1º de Maio.
Todos os campos são obrigatórios.
2019 Fundação 1º de Maio. Partido Solidariedade. © Todos os direitos reservados.